Pantanal 

A maior planície inundável do mundo reserva experiências únicas e muito especiais! O bioma do Pantanal possui mais de 80% da cobertura original preservada, e este é um dos motivos pelo qual é considerado Patrimônio Natural da UNESCO. A sensibilidade e peculiaridade da região pantaneira são encantadoras!

O Pantanal é dividido em 2 regiões, Sul (Pantanal Menor) e Norte (Pantanal Amazônico), ambos oferecem atividades de contato absoluto com a natureza. Em uma viagem para o Pantanal você tem a oportunidade de se deixar levar pelas paisagens deslumbrantes, observar uma diversidade de animais, apreciar a culinária pantaneira que é riquíssima e interagir com a população que habita este local espetacular.

Flora e Fauna

Por ser um bioma que faz fronteira com a região amazônica e o cerrado, a vegetação do Pantanal não é homogênea. A paisagem é formada por gramíneas, árvores de grande, médio e baixo porte, e também por plantas aquáticas como aguapés, erva-de-santa-luiza e salvínia.

Além da diversidade de vegetação, o Pantanal possui uma das faunas mais ricas do planeta, formada por várias espécies de peixes, répteis, mamíferos, anfíbios e aves.

O local é um paraíso para birdwatching! Cerca de 650 espécies de aves vivem nesta região. O grande Tuiuiú que é símbolo do Pantanal, as majestosas Araras-Azuis e os belos Tucano-toco ajudam a colorir ainda mais a atmosfera do destino.

Nos rios e lagoas o que não faltam são peixes, são mais de 200 espécies. As curiosas Ariranhas e os Jacarés também fazem parte do cenário.

Durante os seus safáris você vai se deparar com répteis e uma variedade de mamíferos, como o Veado Campeiro e a famosa Onça Pintada, que é a espécie mais buscada pelos visitantes durante os passeios por ser o maior felino das Américas.

Atividades 

“O que fazer no Pantanal?” Bom, opção é o que não falta!

O destino tem um ritmo próprio e as atividades o seguem, por isso esteja preparado para fazer passeios que durem o dia todo.

Ah, para a observação dos animais, principalmente das famosas onças, tem que ter um pouco de paciência. Elas são um pouco “tímidas”! Mas não se preocupe porque você não vai ficar entediado, enquanto espera o seu guia vai te passar um monte de informações e curiosidades superbacanas e você sair desses passeios quase um “expert” sobre a região.

A navegação é uma das melhores formas para conhecer o destino. Ao barcos e voadeiras possibilitam a saída em pequenos grupos bem exclusivos para realização de trilhas, observação da fauna e flora, banhos de rio, interação com a comunidade ribeirinha, contemplação do pôr do sol, dentre outras atividades.

Seja por terra ou pela água explorar a região é uma experiência única!

Hospedagem 

Imagine acordar e ao abrir a janela se deparar com uma imensidão verde, com o sol refletindo no rio! Realmente é um presente para os nossos olhos!

No Pantanal você tem a opção de hospedar em pousadas, fazendas ou realizar cruzeiros.  Existem algumas acomodações mais “charmosas”, mas no geral a infraestrutura é simples. Aliás a simplicidade é uma característica singular da região, e a atenção aos detalhes e a hospitalidade do povo pantaneiro fazem com que esta vivência seja inesquecível.

Dica: A melhor época para conhecer o Pantanal é de julho a outubro, por ser uma temporada com um clima mais ameno e com menor possibilidade de chuvas.

Esperamos que esse post tenha deixado você ainda mais curioso para conhecer esse destino!

Entre em contato com os consultores da Upack para planejar a sua viagem em uma das regiões mais belas de nosso pais!